quinta-feira, 29 de julho de 2010

Seaman's Book

Olá pessoas!!! eu recebi um email de uma mãe de tripulantes....eu fiquei tão contente com isso, ela me contou como que ela fica quando seus filhos vão embarcar, pois é, ela é mãe de 2 tripulantes e eu fiquei imaginando, se a minha mãe fica preocupada quando eu to no mei do mundo, imagina essa mãe com 2 filhos no mei do mundo.....Guerreira viu!!!!..mas ela me enviou um email perguntando sobre o Seam's Book, e me deu idéia de pauta aqui pro Blog. Pesquisei umas coisas só pra não passar informações erradas. Então la vai...

O Seamans Book é uma identificação do tripulante, mais ou menos como se fosse um passaporte misturado com uma carteira de trabalho pq fica registrado as informações dos navios que um tripulante trabalhou, e também o período que esteve a bordo (no meu é isso que está registrado, os vistos dos países estão r

egistrados no passaporte). Possuir este documento hj em dia nem é tão importante (segundo o próprio crew office), já foi mais importante, mas é bom ter sim, pois no embarque pra ir pro navio, o seu checkin é menos cheio de problemas e vc só precisará apresentar a comprovação que vc está indo assumir uma posição em um navio, e seu limite de bagagem também aumenta, descomplica sua vida já no aeroporto. Eu não paguei o meu, fiz um contrato e nunca precisei, dai quando me mandaram pra outro navio necessitou, a agência enviou o formulário , eu preenchi enviei de volta e quando desembarquei o meu seaman's book estava la com eles, ou seja, eu nao paguei nada, não

sei o motivo, mas se for vc q solicita a bordo vc paga sim, no caso do de Bermudas, e cobrado 60 USD, os outros eu realmente n sei o valor...

esse é o meu seaman's book, emitido em BERMUDAS, pela Princess


Algo q ajuda também é o fato de que com ele o tripulante fica isento de apresentar visto de entrada em alguns países como Rússia e Estônia, que exigem visto de entrada de brasileiros. No caso de se tentar um visto C1D para trabalhar a bordo de um navio nos EUA, o Seamans Book facilita o processo também.

Todos os países possuem seu modelo de Seamans Book, inclusive o Brasil, mas aqui a documentação e a burocracia atrapalham este processo, sem contar que o documento brasileiro não é muito bem visto no exterior, por não ter proteção contra falsificação.

Cada Cia possui o seu seaman's book emitido por um país diferente, na Princess por exemplo e emitido pelas Bermudas, na MSC é pelo Panamá, o que dá origem ao Panamá book (que acaba sendo a mesma coisa), acho que na Royal é emitido pelo Bahamas..., isso depende da bandeira do navio...entende-se por bandeira do navio aquele nome q fica na parte de tras do navio, onde o navio é registrado, geralmente não são os respectivos países de onde são as cias por causa dos impostos, os mais famosos são..Panamá, Nassau, Bahamas, Bermudas, Southapton ...como essas fotos aqui.






4 comentários:

Celina disse...

arrasou geral nesse POST....
eu sonho em ter um seamen's book
mas ainda não consegui descobrir como eu consigo um pela Costa Crociera...
só sei que não é fácil, tipo que nem no brasil... tem que pagar propina e tal... rs

e vamo que vamo! _o/

_ disse...

por isso que tu queria foto de tras do navio da royal. entendi!

Clécio Brandão disse...

Olá Bárbara, parabéns pelo novo job!
Eu queria estar no seu lugar! Inveeeeeja! Meu nome é Clécio Brandão, já estive embarcado no Zenith da Pullmantur (antiga Royal) e também gostaria de dar algumas dicas pros crews principiantes. Cuidado com as agências, que prometem muita coisa e nem sempre é aquilo que prometem. Principalmente com relação ao salário. Eles ganham por cabeça que conseguem embarcar, não importa se vão ficar ou não. Eu estou em processo de embarque novamente porque agora a Pullmantur não usa mais agências, você fala direto com eles e também não usam mais a CVC, o que refletiu bastante no salário para melhor, isso segundo informantes internos. No mais, quem está acostumado a trabalhar duro, não terá problemas, pois há também muita praia e diversão. Tanto que quero voltar!
Kisses and see you on board!

Tatinha Rodrigues disse...

Boa noite!

Barbara, que legal seu blog! :)
Eu totalmente nova no meio... Entre inscrição, processo seletivo e data de embarque, nem um mês e meio se passou. Confesso que a rapidez com que as coisas aconteceram me deixaram um pouco assustada, principalmente porque tenho dúvidas em relação à tudo... rs... É um outro mundo. Parabéns e continue escrevendo, pois saber de informações diretamente de quem está vivendo a experiência é muito mais esclarecedor. ;)

Clécio Brandão, embarco dia 12, quarta que vem, no Zenith também. Gostaria de trocar algumas ideias - na verdade, fazer muitas perguntas - sobre a vida real a bordo deste navio. Possível?!

Agradeço desde já. ;)